sexta-feira, 31 de agosto de 2012

Semente nº1

Quisera compor-te um acalanto — ser pássaro que, com seu canto, seca o pranto do outro.

Rio, 31 de agosto de 2012

Um comentário:

John C. disse...

O canto do outro sempre soará, ao teu ouvido, mais alto que o teu. Se puderes encantar com teu canto, ele será cantado e entoado por vindouras gerações.