terça-feira, 17 de setembro de 2013

cór

Fosse rasgo (aberto à unha na pele nua do peito) 
fosse chama (acesa em brasa em meio ao fogo do corpo) 
foss'estrela (pulsando raios a tudo em torno que gira) 
fosse flôr (que desabrocha em pleno campo de terra) 
fosse rio (enveredando por leitos novos que secos) 
fosse sôpro (expirações de deuses outros de dentro) 
fosse mar (início e fim dos muitos seres que somos) 
entenderia. 

Mas não. 

É músculo e pulsa. 
É carne e sangra. 
É vida e um dia 
morre.


Rio, setembro de 2013

11 comentários:

Débora Silva disse...

Muito bom sua poesia.Se não for atrevimento da minha parte,eu gostaria de saber em que se inspira ao escrever sobre isso ou até mesmo as poesias em geral

Anônimo disse...

Descobri esse blog hoje e ao ler esse primeiro poema, eu me apaixonei. E quanto mais eu li seus textos melhor eu me senti. A descoberta desse espaço fez o meu dia.

ps. nunca pare de escrever, você faz isso muito bem.

Débora Silva disse...

São realmente incríveis seus textos.Seu trabalha também é bom e só te desejo o melhor tanto aqui como na TV.Simplesmente incrível.Parabéns!Aproveita porque como mesmo você escreveu:
"É vida e um dia
morre."

Gabi Ferrarini disse...

Então viva porque "nós somos do tamanho do que vemos, e não do tamanho de nossa altura."
Se conseguir enxergar ao longe, será cada vez maior. Seus sonhos fazem de ti aquilo que és.
E sua poesia faz de quem as lê pessoas mais sonhadoras.

Gabi Ferrarini disse...

PS: Utilizei sua poesia para criar um fundo de tela juntamente com uma foto que tirei. Como não é minha, queria saber se tem algum problema (direitos autorais e etc né). Não vou divulgar na internet, mas confesso que algumas amigas gostaram e pediram, só que ainda não enviei... Queria saber se posso. Obrigada desde já :)

Gabriel M. Falcão disse...

Oi Gabi! Claro que pode, todo o conteúdo aqui é liberado, desde que devidamente citada a fonte. Gostaria de ver esse fundo de tela, se você puder posta o link aqui. Bjsss

Gabi Ferrarini disse...

Ai muito obrigada! E desculpa ficar perturbando mas é que eu sou muito encanada com essas coisas de direitos autorais por conta da faculdade.
Eu coloquei ele então na internet pra te passar o link, ta aqui:

http://24.media.tumblr.com/e1081dd355618c35408706fb1027dc43/tumblr_mu7uof7rAo1qhuzdoo1_1280.jpg

Beijos.

Gabriel M. Falcão disse...

Ficou muito bonito!! Parabéns! Beijão,

Nayara Ribeiro disse...

Uau, acabei de descobrir mais um talento seu Gabriel! *-* Parabéns, linda poesia!

euara Rodrigues disse...

Parabéns São lindos.
Cada vez me encanta mais a Sua pessoa... Que Deus o Abençoe e q te faça alcançar todos os seus objetivos . Um Grande Beijo.

Leticia Pereira disse...

Linda Poesia.
Gabriel Sera q podia usar algumas poesias sua para postar em rede social?
Mais sempre colocando a fonte de onde e?
Grande Beijo Gabriel.